Bolinho Caipira

final 1000px

Como toda receita que tem “caipira” no nome, esta é mais uma que aceita inúmeras versões. A intenção aqui não é propor um preparo definitivo, mas sim explorar a versatilidade de um quitute que pode servir festas, abrir apetites ou simplesmente ajudar a passar o tempo enquanto se toma aquela cervejinha. Na nossa versão, optamos por usar farinha de mandioca torrada para dar liga com a farinha de milho; apesar de termos achado o resultado interessante, numa próxima vez tentaremos utilizar a farinha de mandioca branca fina, buscando assim um sabor mais neutro. Se alguém provar, nos diga o que achou!

INGREDIENTES

RECHEIO

300g de carne moída

½ cebola picada

1 colher (sopa) de salsinha picada

1 colher (sopa) de cebolinha picada

suco de 1 limão-cravo (ou galego ou Tahiti)

1 colher (chá) de sal

1 colher (chá) de pimenta do reino

MASSA

500g de farinha de milho

1 xícara (chá) de farinha de mandioca torrada

3 colheres (sopa) de alho, cebola e salsa desidratados

¼ de colher (chá) de louro moído

1 colher (sopa) de sal

1 colher (chá) de pimenta do reino

1,5L de água fervente

½ xícara (chá) de óleo

 

MODO DE PREPARO

Misture todos os ingredientes do recheio e reserve.

https://youtu.be/8ARZGL7WWSI

Em uma tigela coloque a farinha de milho e amasse com as mãos para desfazer os bijus.

Junte a farinha de mandioca torrada.

Tempere a mistura de farinhas com o mix de alho, cebola e salsa, o sal, o louro moído, pimenta do reino e o óleo.

Após homogeneizar a mistura, acrescente a água fervente e misture muito bem com uma colher até que tudo fique úmido e hidratado.

Deixe esfriar um pouco e, assim que conseguir, sove bem a massa até que fique lisa e modelável. Se sentir necessidade, adicione um pouco mais de água para dar a consistência correta na massa.

Assim que a massa estiver pronta, pegue um pedaço e modele uma bola; abra bem com as mãos em forma de disco, adicione uma porção do recheio e feche bem, dando forma ao bolinho. Caso apareçam rachaduras na massa, molhe a ponta dos dedos e alise para que a rachadura se feche.

https://youtu.be/ROzNpNaXHTE

Frite em óleo quente até que fique dourado.

Agora é só saborear!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no skype
Skype
Compartilhar no email
Email

Quem curtiu essa receita também viu...

mingau pitinga

Mingau Pitinga

O mingau pitinga é um prato centenário que tem origens indígenas e influências africanas. Seu nome vem do tupi: apé tínga, podendo significar “algo branco”;

Leia Mais +
Vaca Atolada

Vaca Atolada

A vaca atolada, prato que remonta aos cozidos de antigamente, é conhecido de norte a sul do país. O que não quer dizer que todas

Leia Mais +

Mané Pelado

O nome pode até ser engraçado, mas o bolo de tabuleiro feito principalmente de mandioca, queijo e coco é pra lá de delicioso. O charme

Leia Mais +

Comente com seu Perfil do Facebook